Métodos e Treinamentos

Postado 03/09/2018 por Redação Flow

Métodos de Treinamento   Ganhos de massa muscular ou redução de percentual de gordura são desejos das pessoas que buscam no exercício físico uma forma de conquistar seus objetivos. No treinamento de força é possível conquistar condicionamento físico geral e melhores desempenho na performance esportiva. O treinamento funcional é uma realidade no mercado fitness. Saindo […]

Métodos de Treinamento

 

Ganhos de massa muscular ou redução de percentual de gordura são desejos das pessoas que buscam no exercício físico uma forma de conquistar seus objetivos. No treinamento de força é possível conquistar condicionamento físico geral e melhores desempenho na performance esportiva.

O treinamento funcional é uma realidade no mercado fitness. Saindo um pouco da idéia dos treinos em circuitos encontramos adeptos aos treinos que explorem o agachar, o dobrar, o empurrar, o puxar e estabilizar que são denominados padrões de movimentos fundamentais.

Muito se questiona sobre a possibilidade de hipertrofiar com o treinamento funcional. Quando se treina com propósito e o treinador conduz um bom treino é possível desenvolver massa muscular de forma satisfatória.

Quando se aplica os métodos de treinamento de força nos padrões de movimento o cenário fica bem interessante. Porém a aplicação dos métodos no treinamento deve ter cautela pois existem poucos estudos que ratificam sua eficácia, ou seja, é difícil afirmar que um é melhor do que o outro. Pensando na individualidade biológica e compreendendo que cada pessoa detém uma característica específica é possível compreender que teremos adaptações ou não a cada método.

Para prescrever um treino o profissional de educação física deve controlar precisamente as variáveis de treino, séries, repetições, carga, descanso que serão balizados no volume e a intensidade da sessão.

Os métodos que apresentaremos são escolhas que utilizamos diariamente como treinadores e como alunos. Buscamos características hipertróficas nos métodos. Vale a pena ressaltar que o uso de métodos nos treinos de força vem para trabalhar em cima do princípio da sobrecarga que nos orienta a oferecer estímulo significativos que gerem melhoras na condição física anterior.

Drop Set

São séries decrescentes onde ao observar uma mudança no padrão de movimento pode interromper a série e fazer uma redução de carga de aproximadamente de 20%. A intenção desse método é controlar a fadiga e aumentar tempo de tensão.

Pré-exaustão

Aqui você pode utilizar um exercício monoarticular com a intenção de tornar o grupo muscular do próximo exercício biarticular mais exigido.

Rest Pause

Na pausa e descanso orienta-se realizar um número de repetições observar uma mudança no padrão de movimento que fará o aluno interromper o set descansar de 5 a 10 segundos e voltar para o set até chegar próximo a uma falha concêntrica.

 

Leandro Monteiro

Gestor técnico – FTS